0

MP deve investigar negócio entre membros do PT e a empresa de Ney Imbiriba.

quinta-feira, 17 de abril de 2014.

Vicente Lira

Santarém(PA) – Depois que o jornal “A Comunidade” denunciou a venda de um campo de futebol pertencente à Sociedade Esportiva do Bairro Floresta, com a participação de altas figuras do Partido dos Trabalhadores(PT), o Ministério Público agiu rápido e já instaurou procedimento para apuras as denuncias.
Paulino Magno
As denuncias foram feitas pelo presidente do Conselho Comunitário do Bairro da Floresta, Vicente Lira, que acusou o Presidente do PT do município de Placas, Paulino Magno, de vender o campo da comunidade para a empresa Amazônia Arquitetura, comandada pelo empresário Ney Imbiriba.

Ney Imbiriba /Amazonia Arquitetura
O caso agora esta nas mãos da Promotora Maria Raimunda, responsável pela Promotoria da Improbidade Administrativa, que imediatamente chamou Vicente Lira para uma longa conversa e marcou uma audiência com a Prefeitura de Santarém, Câmara de Vereadores e a comunidade do Bairro da Floresta.

A reunião esta marcada para o dia 23 de abril, as 10:30hs, na sede do Ministério Público, que está fazendo uma ampla investigação sobre “grilagem urbana”  no município de Santarém.
Vereador Paulo Gasolina

Em contato com o vereador Paulo Gasolina, este informou que mesmo a Câmara não dando andamento no pedido de CPI para apurar a “Fabrica de Títulos de Terras” supostamente comandada pelo PT, conforme denuncias feitas pelo vereador, a prefeitura de Santarém já abriu procedimento interno para apurar o caso, tendo inclusive afastado dois servidores e podendo afastar, e demitir, mais servidores a depender do rumo das investigações.

Em razão das inúmeras denúncias envolvendo “grilagem urbana” o prefeito Alexandre Von teria ficado perplexo e agora todos os pedidos de regularização fundiária tem que passar por suas mãos, o que vem causando um acumulo na liberação dos títulos.

COMENTAR ESTE ARTIGO
0

Eraldo Pimenta visita COOFLONA



Foto: Agora a pouco com meu amigo Eraldo Pimenta, na sede da COOMFLONA em Santarém, onde fomos recepcionados pela secretária da cooperativa Norma Patrocinio. Ele uma pessoa extraordinária e uma liderança fortíssima do PMDB da Transamazônica que o Pará precisa conhecer.- Detalhes no Jornal A Comunidade.

O ex-prefeito de Uruará e Secretário Executivo do Consórcio Tapajós, Eraldo Pimenta, esteve na manha de segunda-feira(14/04) visitando o escritório da COOMFLONA – Cooperativa Mista da Flona Tapajós em Santarém.

Na visita Eraldo Pimenta foi recebido pela Secretaria da cooperativa, Norma Patrocínio, que fez um relato das atividades desenvolvidas pela entidade que gera emprego e renda para os moradores tradicionais da Floresta Nacional do Tapajós.

Impressionado com os relevantes trabalhos sociais desenvolvidos pela Coomflona e em especial o trabalho de abertura e recuperação de ramais que dão acesso aos moradores da floresta, Eraldo pimenta exclamou: “Isso é um exemplo para o Brasil, precisa ser copiado, é a sociedade civil dando exemplo para o poder público de que com pouco dinheiro pode se fazer muito em prol da população”.

Solidário com o trabalho desenvolvido pela cooperativa em prol dos comunitários, Eraldo Pimenta se colocou a disposição para tentar viabilizar juntos com os diretores um caminho que leve a cooperativa a conseguir recursos para manutenção de estradas.

Eraldo Pimenta também foi presidente do Consórcio Belo Monte, que conta com 11 prefeituras das cidades afetadas com a construção da Barragem Belo Monte, em Altamira, e na sua gestão conseguiu a liberação de mais de 50 milhões de Reais para as prefeituras que compõem o Consórcio.

Ficou acertado que dentro de poucos dias haverá uma reunião entre os dirigentes da Coomflona e a nova Secretaria Executiva do Consórcio Tapajós para definir os caminhos a serem tomados em buscas dos recursos.
COMENTAR ESTE ARTIGO

ÚLTIMAS 20 MATÉRIAS POSTADAS NO BLOG

 
Blog do Patrocínio- Belterra-Flona Tapajós-Pará-Brasil © Copyright |